0

Falta de concentração? Causa pode ser uso do smartphone

Estudo sugere que pessoas que usam internet e telefonia móvel excessivamente podem experimentar "falhas cognitivas"

17 ago 2015
14h34
  • separator
  • comentários

Em casa, no trabalho, na escola ou até na hora da refeição, os smartphones invadiram a vida da maioria da pessoas durante todas as atividades. Se você se encaixa nesse perfil, cuidado, está vulnerável a perder a concentração, cometer erros e esquecer informações importantes, mesmo quando não estiver usando essas tecnologias, sugere um novo estudo. Os dados são do Daily Mail .

Siga Terra Estilo no Twitter

Foto: Sasa Dinic / iStock

O estudo conduzido pelo médico Lee Hadlington, da Universidade de Montfort, pediu a 210 participantes, entre 18 e 65 anos, para avaliar seus comportamentos em áreas ligadas a percepção, memória e função motora. Com base nas respostas, ele constatou que usuários mais assíduos de internet e smartphones estavam suscetíveis a experimentar "falhas cognitivas".

Essas falhas incluem dificuldades em prestar atenção durante uma conversa e até esquecer porquê foi a um lugar. "Esta é uma área sub-examinada muito importante. Estamos usando a tecnologia em uma base diária, mas nós não compreendemos o seu efeito sobre nós", disse Hadlington.

"Nós não sabemos o que realmente acontece na nossa cognição quando estamos usando tecnologia. O que descobrimos, a partir da pesquisa, é que estatisticamente há números significativos de pessoas que afirmam usar internet e smartphones, e experimentar falhas cognitivas", explicou o profissional, que acrescentou: "precisamos entender mais se isto está afetando nosso jeito de pensar".

Ainda de acordo com o especialista, não está claro se o uso dessas tecnologias são a causa do "emprobrecimento da atenção".

Pesquisas anteriores mostraram que internautas que passam muito tempo online demonstraram ter menos capacidade em focar em atividades específicas. No entanto, Hadlington esclareceu que esta é a primeira vez que a o efeito da tecnologia na nossa vida diária foi testada desta maneira.



Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade