0

Estresse causado por divórcio aumenta risco de doenças

Estudo mostrou que situações de tensão como uma separação ou o desemprego danificam o material genético

31 ago 2015
19h00
  • separator
  • comentários

Uma pesquisa realizada na Holanda indicou que os danos de um divórcio podem ir além dos financeiros e emocionais. Situações de grande estresse, como separação, desemprego ou a perda de alguém muito próximo podem danificar o DNA provocando mudanças que, eventualmente, podem levar à doenças como Alzheimer, problemas cardíacos e câncer . As informações são do Daily Mail .

Foto: iStock

Siga Terra Estilo no Twitter

Conforme explica a pesquisa, estruturas que protegem o DNA, chamadas telómeros, diminuem de tamanho naturalmente com o envelhecimento, mas quando as pessoas passam por situações de estresse a redução dessas cápsulas acontece em ritmo mais acelerado. "Nós sabemos que a diminuição acelerada do tamanho dessas estruturas está associada ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, Alzheimer e câncer", declarou a pesquisadora Sonja van Ockenburg.

Para a pesquisa, mais de mil adultos foram reunidos e tiveram essas estruturas que envolvem o DNA medidas. As medições foram feitas novamente quatro e seis anos após a primeira vez e a cada novo encontro os voluntários foram questionados sobre grandes acontecimentos estressantes em suas vidas.

Após os estudos realizados a partir dos resultados, a pesquisa concluiu que a exposição a situações estressantes acelera a diminuição dos telómetros em ritmo mais acelerado do que a velhice, e, conforme reduzem de tamanho deixam o material genético mais exposto.

Apesar dos resultados, a pesquisadora afirmou que a prática de exercícios físicos pode impedir os danos ao DNA. "Quando pessoas que passam por momentos estressantes se exercitam, suas estruturas sofrem menos", declarou.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade