publicidade
15 de janeiro de 2014 • 10h59

Sexo melhora a memória e torna as pessoas mais inteligentes

Estudo aponta que atividade sexual aumenta produção de células cerebrais

Foto: Getty Images
 

Agora você tem um motivo a mais para praticar sexo. De acordo com uma pesquisa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, a diversão entre quatro paredes pode tornar a pessoa mais inteligente e melhorar a memória de longo prazo. Os dados são do jornal Daily Mail.

Estudo em ratos de meia-idade constatou que eles produziram mais novas células cerebrais no hipocampo, onde as memórias de longo prazo são feitas, após o acasalamento. Os cientistas também ligaram a atividade sexual frequente com o aumento da capacidade intelectual. No entanto, os benefícios foram perdidos ao impedir o coito.

Se a relação sexual pode torná-lo mais inteligente, o inverso não é necessariamente verdadeiro. “Ser inteligente não significa necessariamente que você vai ter mais sexo. Adolescentes mais inteligentes, de fato, tendem a retardar o início de suas atividades sexuais”, acrescentaram os cientistas.

Segundo a psicóloga Tracey Shors, apenas produzir mais células pode não ser o suficiente. “Você pode fazer novas células com exercício, Prozac e sexo. Se você faz o treinamento da mente, vai manter mais células vivas das que produziu. E se você fizer as duas coisas, agora tem o melhor dos dois mundos: está fazendo mais células e mantendo mais vivas”, finalizou.

<a data-cke-saved-href="http://mulher.terra.com.br/infograficos/kamasutra/iframe.htm" href="http://mulher.terra.com.br/infograficos/kamasutra/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Ponto a Ponto Ideias