Amor e sexo

publicidade

Sexo é um dos segredos para uma aposentadoria feliz, diz estudo

Do total, 80% dos casais que faziam sexo, pelo menos, uma vez por mês se disseram 'muito felizes'
Foto: Getty Images
 
Michelle Achkar

A tão desejada aposentadoria nem sempre corresponde ao esperado. Muitos que atingem essa etapa têm dificuldades para se adaptar à nova rotina, sentem falta de compromissos e não conseguem realizar os sonhos que cultivaram quando mais jovens. Pois uma pesquisa aponta que um dos principais pontos para uma vida feliz na terceira idade aposentada é a prática sexual. Fazer sexo foi associado à felicidade em geral e também à felicidade na vida a dois.

Indivíduos casados com mais de 65 anos foram entrevistados em um levantamento feito pela Florida Agricultural and Mechanical University, nos Estados Unidos, e os que revelaram manter vida sexual ativa se mostraram 50% mais felizes do que os que não davam tanta importância ao assunto.

E não é preciso uma frequência muito grande para se obter os resultados. Os que se disseram felizes haviam praticado mais de uma vez no ano anterior à pesquisa. "Esse estudo vai ajudar a ampliar as linhas de comunicação sobre abordagens de como resolver questões que limitam ou impedem adultos mais velhos de manter uma vida sexual ativa", disse Adreinne Jackson, que conduziu a pesquisa, ao site Female First.

Terra Terra