Amor e sexo

publicidade
02 de março de 2013 • 20h36

Saiba motivos que podem atrapalhar uma vida sexual apimentada

Ter uma relação sexual satisfatória não é um presente, mas uma conquista. Como a maioria das coisas na vida, quanto mais se investe na vida privada com o parceiro, melhor ela será. Quanto mais novidades tiver na cama, maior será o desejo e satisfação. 


O problema é que existe uma resistência natural à mudança no público feminino. O Daily Mail listou as cinco principais bloqueios na cama que podem sabotar a vida íntima com o parceiro e soluções para se livrar deles.

Estou muito velha para isso: se você continua a comer, respirar e sorrir, também pode se abrir para novas experiências sexuais. A idade é basicamente o comportamento e modo de pensar de cada pessoa. 
Claro, problemas de saúde e idade podem influenciar ideias ou técnicas escolhidas, mas desconsiderar coisas novas só por acha-las coisas de jovens é uma besteira.

Como a maioria das coisas na vida, quanto mais se investe na vida privada com o parceiro, melhor ela será
Foto: Getty Images


Estou contente com a minha vida sexual morna: muitas pessoas não querem ter um sexo mais forte. O sexo apaixonado é fisicamente e emocionalmente agradável, se você não gosta de perder o controle. 
Ter uma vida sexual mais intensa significa um relacionamento mais intenso e sofrimento caso algo dê errado. Algumas pessoas simplesmente não têm libido suficiente para alcançar este ponto. Então, se vocês dois estão contentes com a vida sexual mais tranquila, tudo bem. Agora, se um dos dois anseia por mais tempero na cama vocês têm um problema. 

Mas, e as crianças?: existem várias formas de conseguir um tempo a sós com o parceiro, mesmo tendo crianças. Contrate uma babá para poder apimentar a vida sexual com o parceiro. Faça amizade com casais que também tenham filhos e possam ficar com as crianças para você e o parceiro relaxarem. 

Se vocês foram pegos no ato pelos filhos: não entre em pânico.  Uma explicação calma de que o papai e a mamãe estavam fazendo o que os adultos fazem quando se amam e são casados deve resolver o problema. Será menos traumático do que sair correndo e fechar a porta na cara da criança sem explicar nada. 

Não gosto de mudanças: pessoas extrovertidas tendem a gostar de mudanças, ao contrário das introvertidas que, geralmente, têm um nível de autoconfiança menor. Quanto mais segura você for, mais aberta a mudanças estará, pois seu ego e autoestima estarão fortes o suficiente para encarar qualquer problema de percurso. 

Se o parceiro estiver nervoso, deixe claro que não fará nada que ele não goste. Se o problema for você, converse com ele. Por vezes, somente compartilhando nossos medos, é possível entender como eles são bobos. 

Sou muito tímida e fico com vergonha: você se sente completamente idiota encenando como uma enfermeira sexy ou em uma dança sensual para o parceiro. A dica para apimentar a vida na cama é começar por coisas que não te deixem tão assustada. Se você não é uma exibicionista, existem coisas que jamais gostará, nesses casos, deixe o parceiro tomar o controle. 

 

Terra