publicidade

Três em quatro brasileiras com mais de 15 anos já engravidaram ao menos uma vez

A pesquisa apontou também que três em cada quatro brasileiras - com 15 anos ou mais - já engravidaram ao menos uma vez na vida
Foto: Getty Images
 

Estudo realizado pela Fundação Perseu Abramo e pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) apontou que três em cada quatro brasileiras - com 15 anos ou mais - já engravidaram ao menos uma vez na vida. Ainda de acordo com a pesquisa, 70% das mulheres brasileiras tiveram o primeiro filho entre 16 e 24 anos, enquanto 6% foram mães com mais de 30 anos. O título do trabalho é "Mulheres brasileiras e gênero nos espaços público e privado". O supervisor do levantamento e professor do Departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo (USP), Gustavo Venturi, acredita que este panorama está relacionado aos "padrões culturais" entre os países. O material também destaca que 9% são virgens (com 15 anos ou mais).

"Países com o Produto Interno Bruto (PIB) mais elevado conseguiram postergar o índice de gravidez, embora, historicamente, era comum as mulheres terem filhos mais cedos", disse. E emendou: "Um dos papéis mais importantes da mulher na sociedade é de ser mãe. Em termos majoritários, as que têm mais de 30 anos, são solteiras e não têm filhos, são alvos de cobranças da sociedade".

Como exemplo, o professor comentou sobre uma pergunta durante o trabalho. Quando questionadas sobre "quais as melhores coisas de ser mulher", responderam espontaneamente algo relacionado a maternidades. "Foram 57% das mulheres, ou três em cada cinco, que valorizaram o papel social de casar e ter filhos", afirmou.

O professor ainda destacou a "expansão de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e a Aids". Segundo Venturi, esse aumento é em função da confiabilidade nos parceiros e na estabilidade do relacionamento.

A média aponta
Segundo a pesquisa, na média, as mulheres tiveram o primeiro filho (ou filha) com 21 anos e 3 meses, já os homens com 24 anos e 3 meses. Entre os homens, a maioria teve o primeiro filho biológico entre 19 e 30 anos - 73% - e apenas 1% teve com até 15 anos de idade, enquanto 12% tiveram com mais de 30 anos.

Quanto às mulheres que já tiveram relações sexuais, cerca de quatro em cada cinco têm ou tiveram filhos, o que equivale a 79%. Em média, 3,3 filhos em 2010, contra 3,5 filhos em 2001. Entre os homens com 15 anos e mais a média declarada é de 3 filhos, aponta o estudo.

De acordo com os dados, 99% das mulheres e 96% dos homens criam ou tiveram filhos naturalmente. Já os adotados beiram os 5% e 4%, respectivamente, enquanto 3% (mulher) e 9% (homem) tiveram enteados.

Foram entrevistados 2.365 mulheres e 1.181 homens, com mais de 15 anos de idade, de 25 unidades da federação. O levantamento envolveu a participação de 176 municípios na amostra feminina e 104 na masculina. O estudo ainda contempla: a divisão sexual do trabalho e tempo livre; violência doméstica, corpo, sexualidade e mulher na mídia; democracia, mulher e política; aborto e percepção de ser mulher: feminismo e machismo. A margem de erro da pesquisa é entre 2 e 4 pontos percentuais para mulheres e, entre 3 e 4 pontos para os homens. Em ambos, o intervalo de confiança é de 95%.

Terra