Mulher

publicidade

Saiba dez dicas para tirar a fralda do bebê sem traumas

Cada criança tem seu tempo de tirar a fralda, por isso é importante não repreendê-la
Foto: Getty Images
 

Patrícia Zwipp

A hora certa de deixar as fraldas traz muitas dúvidas para os pais. É importante lembrar que a máxima "cada criança tem seu tempo" é verdadeira e apressar muito o processo pode trazer problemas para os filhos.

» Chat: tecle sobre o assunto

A presidente do departamento de nefrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria, Nilzete Liberato Bresolin, avisa que, em média, o momento ideal para se dar esse passo é quando o pequeno está com 1 ano e meio. Já no período noturno, por volta dos 3 anos. "Depende do desenvolvimento e treinamento para controlar o esfíncter (músculo que controla a saída de urina e fezes)", diz.

Se o estímulo for muito precoce, os problemas mais comuns são enurese (fazer xixi na cama) e encoprese (quando retém as fezes e a secreção acaba sujando a roupa). Confira 10 dicas para não errar:

1. Converse com a criança sobre o assunto e, se fizer xixi ou cocô na roupa, não brigue;
2. Mostre o penico para ela e deixe-a conhecê-lo;
3. Mostre figuras ou fotos de crianças no penico. Geralmente, as embalagens dos produtos trazem essas imagens;
4. As crianças costumam indicar que estão com vontade de fazer xixi ou cocô. Quando perceber, coloque-as no penico ou no suporte próprio acoplado ao vaso sanitário;
5. O ideal é que se sentem no penico com as coxas e as pernas a 90°, o que ajuda a esvaziar melhor a bexiga e a eliminar as fezes;
6. Deixe ver os pais e outras crianças no banheiro;
7. Estimule a dar tchau para o cocô e o xixi na hora de dar a descarga;
8. Deixe livros, revistas e gibis ao lado do penico ou vaso sanitário;
9. Para estimular a evacuação, há no mercado aparelhos coloridos que emitem som;
10. Na época de tirar a fralda noturna, pergunte "Vamos tentar acordar com a fralda seca?". Caso não consiga, não o repreenda.

Especial para Terra