inclusão de arquivo javascript

Mulher

 
 

Brasileiros estão mais satisfeitos com o sexo

As mulheres estão mais exigentes com o sexo atualmente. Foto: Terra

As mulheres estão mais exigentes com o sexo atualmente
Foto: Terra

Os brasileiros estão transando mais e isso reflete em uma maior satisfação sexual. Esta é a conclusão de uma pesquisa encomendada por uma gigante farmacêutica e coordenada pelo urologista Sidney Glina ao CDN Estudos e Pesquisas. Segundo os números, 59% dos homens e 54% das mulheres estão vivendo a melhor fase de sua vida sexual.

» Veja os resultados da pesquisa

A pesquisa, que ouviu 2,1 mil pessoas em nove capitais brasileiras, mostrou que os homens estão preocupados em acompanhar as mudanças femininas. Elas estão mais independentes e ousadas e 30% dos entrevistados dizem que os homens estão mais atentos ao prazer feminino.

"Quando a mulher foi buscar mais informações a respeito de sexo, deixando tabus e se abrindo mais na cama, conhecendo-se melhor para atingir orgasmos, chamou a atenção masculina", diz Fátima Moura, personal sex trainer. De acordo com a pesquisa, 43% dos homens reconhecem que atualmente as mulheres têm maior interesse pelo prazer no sexo.

A pesquisa mostrou também uma virada na concepção de satisfação sexual. A maioria, 81%, faz distinção entre vida afetiva e sexual. "Creio que nossa sociedade está mais desprendida de antigos valores morais, como o amor romântico, e começa a se atentar para o fato de que sentimento não é suficiente para manter uma relação afetiva. Quando o casal busca no sexo algo mais que só a satisfação sexual ou a realização de um ideal de amor, o prazer é mais intenso. Os orientais, há milênios, já viam o sexo como caminho para o auto-conhecimento e a troca de energia", completa Fátima.

Entre as mulheres com faixa etária entre os 18 e os 25 anos, a atenção está mais voltada à construção de uma carreira profissional, mas elas têm utilizado esta fase da vida como aprendizado sexual e afetivo. Na faixa etária entre os 30 e os 40, o amor entra como o melhor complemento para o prazer: elas já estão independentes financeiramente e procuram mais conteúdo nas relações.

Mas 38% das mulheres, principalmente na faixa etária de 56 aos 65 anos, ainda acham que estar com a pessoa que ama é fundamental para a satisfação sexual. "As pessoas têm ainda o ideal da sua cara-metade, de encontrar alguém que as complete em todos os sentidos, que possam viver uma relação madura e verdadeira - inclusive a sexual - que exista uma parceria e que possam ser companheiros."

Redação Terra