inclusão de arquivo javascript

Mulher

 
 

Confira dicas de como agir em situações de paquera no trabalho

É preciso cautela com paquera no trabalho. Foto: Getty Images

É preciso cautela com paquera no trabalho
Foto: Getty Images

Patricia Zwipp
Troca de olhares, sorriso fácil, elogios, coração acelerado. A paquera pode acontecer em qualquer local, até mesmo no trabalho. E se surgir um interesse a mais pelo colega, você sabe como lidar com a situação para não se prejudicar profissionalmente? Recentemente, o relacionamento entre colegas de trabalho virou assunto da novela Insensato Coração, da Globo. Raul (Antonio Fagundes) e Carol (Camila Pitanga) se apaixonaram após começarem a trabalhar juntos.

O Terra conversou com a consultora de RH Daniella Correa, da Catho Online, e também reuniu dicas sobre flerte com a terapeuta de casais Cláudya Toledo, diretora da A2 Encontros e autora do livro Manual da Cara Metade. Clique na aba e confira sete dicas antes de investir no relacionamento com um colega de trabalho.

Ponto a Ponto Ideias
  1. Se a mulher estiver interessada em algum colega, deve mandar sinais. Entre eles estão rir do que o pretendente fala, manter os pés direcionados para ele, mexer nos cabelos, olhar fixamente nos olhos. Os homens costumam coçar a barba, colocar a mão no queixo, concordar com o que ela fala, além de também olhar fixamente e manter os pés voltados para a futura parceira  Foto: Getty Images

    Se a mulher estiver interessada em algum colega, deve mandar sinais. Entre eles estão rir do que o pretendente fala, manter os pés direcionados para ele, mexer nos cabelos, olhar fixamente nos olhos. Os homens costumam coçar a barba, colocar a mão no queixo, concordar com o que ela fala, além de também olhar fixamente e manter os pés voltados para a futura parceira

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  2. A possibilidade de um relacionamento deve ser discutida fora da empresa e longe dos olhares dos colegas. Caso a corporação não permita namoro entre funcionários, isso deve ser colocado em pauta antes de qualquer envolvimento, porque um provavelmente terá de pedir demissão  Foto: Getty Images

    A possibilidade de um relacionamento deve ser discutida fora da empresa e longe dos olhares dos colegas. Caso a corporação não permita namoro entre funcionários, isso deve ser colocado em pauta antes de qualquer envolvimento, porque um provavelmente terá de pedir demissão

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  3. Segundo Cláudya Toledo, terapeuta de casais e diretora da A2 Encontros, só vale apostar na paquera se houver sinais claros de que a intenção do outro seja de algo duradouro e não um passatempo. Analise se há sinais de admiração e respeito. Perceba como o pretendente trata os outros colegas e se existe de fato um jeito diferenciado com você. Essa pessoa pode ser atenciosa com todos. Não se envolva se não for por um relacionamento estável, porque pode atrapalhar sua carreira  Foto: Getty Images

    Segundo Cláudya Toledo, terapeuta de casais e diretora da A2 Encontros, só vale apostar na paquera se houver sinais claros de que a intenção do outro seja de algo duradouro e não um passatempo. Analise se há sinais de admiração e respeito. "Perceba como o pretendente trata os outros colegas e se existe de fato um jeito diferenciado com você. Essa pessoa pode ser atenciosa com todos. Não se envolva se não for por um relacionamento estável, porque pode atrapalhar sua carreira

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  4. Se mandar sinais de interesse e comentar no almoço com os colegas (na presença do pretendente) que está à procura de algo sério, mas não receber nenhum convite ou demonstração de admiração recíproca, simplesmente desista. Evite fantasiar  Foto: Getty Images

    Se mandar sinais de interesse e comentar no almoço com os colegas (na presença do pretendente) que está à procura de algo sério, mas não receber nenhum convite ou demonstração de admiração recíproca, simplesmente desista. Evite fantasiar

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  5. Em primeiro lugar, é importante que o profissional conheça as regras da empresa sobre namoro com um colega. Algumas permitem esse tipo de relacionamento e outras não, exigindo até que um dos funcionários se desligue da corporação  Foto: Getty Images

    Em primeiro lugar, é importante que o profissional conheça as regras da empresa sobre namoro com um colega. Algumas permitem esse tipo de relacionamento e outras não, exigindo até que um dos funcionários se desligue da corporação

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  6. Evite situações que possam prejudicar o desempenho profissional. Atitudes como usar as ferramentas da empresa (e-mail, telefone), o horário do expediente ou o ambiente coorporativo para paquerar ou namorar podem interferir no trabalho, porque tendem a gerar queda de produtividade e prejudicar a imagem. Quanto mais discreto for, melhor  Foto: Getty Images

    Evite situações que possam prejudicar o desempenho profissional. Atitudes como usar as ferramentas da empresa (e-mail, telefone), o horário do expediente ou o ambiente coorporativo para paquerar ou namorar podem interferir no trabalho, porque tendem a gerar queda de produtividade e prejudicar a imagem. Quanto mais discreto for, melhor

    Getty Images
    Foto: Getty Images

  7. Nem pense em aproveitar festas da empresa para ficar com alguém. Apesar de ser uma comemoração, trata-se de evento corporativo e, portanto, nada melhor que manter uma postura adequada para não prejudicar a imagem e evitar fofocas no ambiente de trabalho  Foto: Getty Images

    Nem pense em aproveitar festas da empresa para "ficar" com alguém. Apesar de ser uma comemoração, trata-se de evento corporativo e, portanto, nada melhor que manter uma postura adequada para não prejudicar a imagem e evitar fofocas no ambiente de trabalho

    Getty Images
    Foto: Getty Images

/foto/0,,00.html