inclusão de arquivo javascript

Mulher

 
 

Espaços menores com estilo

O tempo foi aliado na hora da decoração. Foto: Terra

O tempo foi aliado na hora da decoração
Foto: Terra

Nada de pressa, desespero ou surtos de consumismo para decorar a casa. Foi exatamente nesse clima que as idéias foram se concretizando no apartamento da jornalista Aniella Vaz, de 27 anos. "Essa vontade de sair tudo igual aos planos é um pouco utópica. Pensava uma coisa antes de me mudar, mas o resultado foi extremamente diferente do que imaginei", conta.

Pequenos espaços com praticidade e beleza

Os presentes para a casa foram, em grande parte, os responsáveis pela mudança de rota. "Quando você decora, é quase impossível não perder o controle, mas as idéias se ajeitam aos poucos. No fim, acaba ficando com a sua cara do mesmo jeito", acrescenta.

Segundo ela, o tempo foi um grande aliado na hora de pesquisar preços, barganhar e pagar em mais vezes. "Achei que tinha colocado todas as contas no papel, mas sempre falta alguma coisinha, por isso foi muito bom fazer tudo com calma", diz.

A decoração foi resultado de um "grande mosaico de idéias". As inspirações saíram de revistas, conceitos do feng shui, lojas, casa de amigos e de sugestões da mãe que trabalha na área.

O grande trunfo na organização diária, segundo ela, são os armários. "Cada coisa tem seu lugar e, caso não esteja com tempo de arrumar a casa, coloco tudo no armário certo e quem vai em casa acha que está tudo em ordem", acredita. Por morar sozinha, a organização fica um pouco mais fácil e a solução foi colocar tudo o que está fora (roupas passadas, por exemplo) no segundo quarto da casa. "Mesmo que eu não tenha tempo de arrumar, estão lá, empilhadinhas", diz.

Outra forma de facilitar o dia-a-dia foram as portas de correr na cozinha e nos armários do segundo quarto. Com isso, ela ganhou espaço. Na copa, o local ganhou prateleiras e um espaço para comer; no quarto, as portas facilitaram a entrada de uma cama.

Tapetes, piso de madeira e mesa de jantar acabaram se mostrando grandes aliados quando o dia é de festa. A mesa acomoda os amigos, o tapete diminui o barulho e, conseqüentemente, as reclamações do apartamento de baixo, e o piso é tiro e queda na hora da limpeza. Um espelho foi colocado ao lado da mesa para ampliar o espaço, mas depois, Aniella acabou descobrindo que, pelo feng shui, essa disposição dobra a fartura.

Quando o objetivo é dar uma mudada no apartamento, a dica da jornalista está em pequenos detalhes, como flores, velas e tapetes coloridos. "Basta colocar uma plantinha dentro de uma garrafa de refrigerante e pronto, uma caixa de bombons na sala, um sabonete bonitinho no banheiro e por aí vai", finaliza.

Redação Terra