Comportamento

publicidade

Veja 15 maneiras de aliviar o estresse da vida materna

Relações sexuais ajudam a aliviar o estresse
Foto: Getty Images
 

Cuidar de um bebê tem suas alegrias e seus estresses. Principalmente, para mães de primeira viagem, a rotina agitada de cuidar do pequeno, da casa, de si e de outros assuntos pode deixar as mulheres de cabelos em pé. Pensando nesse perfil, o site iVillage elaborou 15 dicas para aliviar o estresse.

1 - Comece a se exercitar
Pode parecer piada pedir para alguém que provavelmente mal tem tempo para fazer uma refeição em paz, encontrar espaço na agenda para fazer exercícios. Mas o fato é que mexer o corpo é um dos principais fatores que ajudam a reduzir o estresse. Isso porque aumenta o fluxo de sangue para o cérebro, reduz a pressão arterial, elimina tensões musculares e aumenta níveis de endorfina. E isso não precisa ser feito longe do bebê. Uma ideia seria sair para caminhar, carregando o pequeno no carrinho, num sling ou canguru.

2 - Ouça música
Ritmos lentos e mais suaves são mais indicados para relaxar, mas isso não exclui outros. O importante é desfrutar dos benefícios de músicas que lhe agradem.

3- Rir
O riso estimula o corpo a produzir hormônios que ajudam a reduzir o estresse. Assista a programas ou filmes que causem risadas, mesmo que discretas. Já será o suficiente para ajudar a relaxar um pouquinho.

4 - Desfrutar de rituais
Ações que lhe proporcionem prazer são muito importantes para provocar relaxamento. Não é preciso ser nada muito longo ou difícil. A questão aqui é parar e prestar atenção em alguma ação, como tomar uma xícara de café pela manhã, relaxar uns minutinhos ao lado do marido, ler uma revista na cama, entre outras coisinhas prazerosas.

5 - Ter alimentação saudável
Ingerir os chamados carboidratos complexos, encontrados em grãos integrais, vão ajudar a manter os níveis de energia no corpo por mais tempo. Isso porque vão liberando açúcares na corrente sanguínea aos poucos, em vez de provocarem uma avalanche da substância rapidamente e logo depois uma queda vertiginosa. Essas oscilações nos índices de glicemia colaboram para o estado de cansaço e não fazem bem ao corpo, que precisa produzir altas doses de insulina cada vez que é ingerido um alimento rico em açúcar.

6 - Reservar um tempinho para si
Pode parecer difícil, mas a ideia é não dispensar os momentos possíveis de fazer algo apenas para si. Se o bebê está dormindo e tem alguém em casa para ajudar, tente tomar um banho mais longo, de banheira se tiver, ler um livro, dormir. Mas tente não ficar pensando no que precisa fazer ou se preocupar se vão cuidar bem do pequeno se ele acordar.

7 - Não esquecer as amigas
Sair ou mesmo papear com as amigas pode ter ficado de lado desde a chegada do bebê. Mas não se esqueça de manter contato, mesmo que seja rápido e à distância. Um telefonema, um email, uma mensagem pelas redes sociais já valem. As amigas são excelente fonte de apoio e conforto.

8 - Passe um tempo ao ar livre
Ficar o dia todo em ambientes fechados não colabora para eliminar o estresse. Principalmente se a casa não for bem iluminada ou ensolarada. Um passeio, mesmo que rápido, ao ar livre com certeza ajudará a recarregar as baterias.

9 - Programe o tempo para se preocupar
Pode parecer engraçado, mas é preciso planejar até mesmo o momento de se preocupar e tentar planejar as coisas. Ficar martelando o dia todo sobre se o bebê está comendo direito, se dormiu bem, entre outras coisas não é produtivo e apenas aumenta os níveis de estresse.

10 - Brinque
Com certeza você não tem vontade de pensar em organizar brincadeiras ou mesmo em se divertir. Mas pintar, fazer um scrapbook, cantar ou fazer qualquer outra coisa divertida pode ajudar a relaxar.

11 - Contar com ajuda da água
Ficar em contato com a água, de preferência quentinha, e com uso de produtos que trarão sensações agradáveis, é algo precioso para todos, mas principalmente para mães estressadas. Banhos de banheira são ideais, mas mesmo banhos rápidos debaixo de um chuveiro morno trarão benefícios ao corpo e à mente.

12 - Meditar
A prática de meditação traz benefícios como redução da pressão, controle da respiração, relaxamento muscular, além de melhorar concentração e ajudar no controle dos pensamentos. Comece com cinco minutos e depois aumente para 10 e assim por diante, à medida que o bebê deixar. Só não vale dormir. A ideia é fechar os olhos, tentar aquietar a mente, controlar a respiração e relaxar.

13 - Dormir
Você provavelmente ouviu diversas vezes que precisa dormir quando o bebê faz o mesmo. Qualquer mãe sabe que isso é impossível, já que depois que o recém-nascido fecha os olhos, é hora de organizar a casa, comer, tomar banho, enfim, fazer tudo o que deve ser feito. Mas tente não ser detalhista e seguir a recomendação, nem que seja para tirar cochilos de 10 ou 20 minutos.

14 - Praticar sexo
É reconhecidamente uma maneira de aliviar o estresse. Se estiver muito cansada para pensar no assunto, não deixe de manter contato físico com o companheiro, mesmo que seja dormir abraçados ou fazer uma massagem.

15 - Redescobrir um hobby
Não dispense todas as atividades de que gostava antes de ter filhos. A falta de tempo não deve significar riscar um hobby da lista de desejos. Não se esqueça de que é mãe agora, mas que ainda é você.

Ponto a Ponto Ideias