PUBLICIDADE

Ambientes naturais com tecnologia de ponta dominam construções de luxo

16 ago 2009 12h45
Publicidade

O avanço da automação e a evolução da consciência em relação ao meio ambiente revolucionaram o mundo das construções de alto luxo, que deixaram de ser comprometidas apenas com beleza e sofisticação. Imóveis completamente monitorados por celular, portas abertas com impressão digital, porteiro eletrônico inteligente, sistema de sensores nas pilastras da garagem, tudo isso associado ao conforto e à interação com a natureza. Parece até filme de ficção.

Construções unem conforto e interação com a natureza
Construções unem conforto e interação com a natureza
Foto: Getty Images



» vc repórter: mande fotos
e notícias

» Chat: tecle sobre o assunto

Esta tendência mundial trouxe para o mercado de construções uma nova concepção de luxo, que veio acompanhada pela exigência de originalidade e da exclusividade. A Laer, empresa de construção e reforma de imóveis de luxo que está completando 20 anos em 2009, acredita que o atendimento personalizado é o principal segredo para conquistar os compradores que procuram o melhor que pode ser oferecido no comércio imobiliário.

Segundo o presidente da construtora, Marcelo Evaristo, cada vez mais seus clientes pedem por projetos altamente tecnológicos, inseridos na natureza e com o máximo de consciência ecológica.

"Há diversas formas de aproveitar o meio ambiente para promover o bem estar e ainda contribuir com a preservação da natureza. Um exemplo disso é o armazenamento das águas das chuvas para aproveitá-las nas descargas da casa e na irrigação dos jardins, que além de dispensar a presença do caseiro, ainda garante que as plantas recebam exatamente a quantidade de água necessária", disse Evaristo, que destacou ainda considerar um desperdício não usufruir da energia do sol para diversas finalidades dentro da casa.

Com pés direitos altos, a iluminação pode ser natural durante grande parte do dia. Placas retentoras de energia instaladas nos telhados passam o dia absorvendo os raios do sol para que sejam convertidos em luz durante a noite. O ar condicionado central, que anteriormente era acionado para resfriar a casa toda, agora conta com um mecanismo inteligente que detecta exatamente o cômodo que não está com a temperatura adequada e direciona a refrigeração exatamente para aquele ponto.

Com este mesmo foco, a Ximenes Consultoria Imobiliária e a Incorporadora PR Figueiredo vão lançar na Barra o Condomínio Disegno. O empreendimento, à beira da Área de Preservação Ambiental de Marapendi, traz para o mercado imobiliário o conceito de Casas Boutique.

Com estilo contemporâneo, projeto das casas tem pé direito duplo nas salas, muita madeira e grandes panos de vidro nas fachadas. As unidades terão de 555 a 818 metros quadrados, com quatro salas, quatro ou cinco suítes e espaços como home-cinema, escritório e biblioteca, e custam de R$ 2,5 milhões a R$ 4,5 milhões.

A casa inclui aspiração central, fechadura biométrica, banheira inteligente e um sistema que dispara um alarme quando há alguma anormalidade na imagem das câmeras de circuito interno.

"É como oferecer aos nossos clientes a casa dos Jacksons, no terreno dos Flinstones", brinca Paulo César Ximenes, presidente da Ximenes Consultoria Imobiliária.

O executivo ressalta que a tendência atual é valorizar a elegância, o conforto e o bom senso com o meio ambiente. "O Disegno está um degrau acima do luxo. É a contemplação da natureza, simples, sofisticada, mas sem ostentação", completou.

Manutenção das máquinas
Nem tudo é tão simples como parece ser. Devido a grande complexidade desses imóveis, muitas vezes os moradores se confundem com a quantidade de equipamentos instalados e se perdem na hora de fazer a manutenção.

Foi a partir da sugestão de um cliente que a Laer Construtora criou o Maintance Check-Up, um manual personalizado com fotos e instruções detalhadas do que deve ser feito diariamente, semanalmente, mensalmente e anualmente na casa.

"Como mora na Alemanha e frequenta a sua casa em Angra com intervalos grandes, este nosso cliente previu a dificuldade que seria manter o imóvel funcionando em perfeito estado. Com a criação do manual, ele deixou um gerente no Brasil responsável por cuidar da casa com todas as indicações no livro", declarou Evaristo, que deu exemplos de como utilizar o manual em prol da longevidade da casa. "Se há um problema no aquecimento da piscina, descrevemos quais as possíveis causas, e por aí vai".


Jornal do Brasil Jornal do Brasil
Publicidade